Minha lista de blogs

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Motorocker - Bem Estar - The Jack - 15/10/2011 Moinho Eventos













AMORES....


COMO ÉS DOCE O DESEJO DE AMAR!
COMO ÉS DOCE O ENCANTO DO AMAR...
COMO ÉS FEROZ A ESSÊNCIA DESTE AMAR....
COMO ÉS PLENO O GOSTO VIVO
DO AMOR UNIDO,LIMPO
E CONTIDO NA ENTREGA SUBLIME
DE QUERER E PODER
LHE AMAR....


_ FABIEM CHAZAK _









AMO - POEMA ESCRITO Y RECITADO POR LUCIANO

Código X

You do not know me .

terça-feira, 27 de dezembro de 2011




Eu te vi sentada,
E vi em teu rosto a luz do sol,
O brilho da lua que viria,
E eu chorei!
Ninguém ao nosso redor,
Um mundo só nosso,
Estamos sós, eu, você e seus olhos,
Tanto amor...tanto!
Eu te vi sentada,
Você olhava o mar,
E as ondas todas eram você,
Enchendo o meu peito feito maré,
E eu te amei!
No meu pensamento, você ainda olha,
Teu olhar, tanto mar,
Ainda vejo nos teus olhos,
A luz de um dia de amar,
Eu te amo, tanto!

Luiz wood





.


.

.



segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011






Rosa do Deserto

Eu sonho com a chuva
Sonho com jardins na areia do deserto
Acordo com dor
Sonho com amor enquanto o tempo escorre pelas minhas mãos
Sonho com fogo
Esses sonhos estão amarrados a um cavalo que nunca se cansa
E nas chamas
Sua sombra brinca na forma do desejo de um homem

Essa rosa do deserto
Cada um de seus véus, uma promessa escondida
Essa flor do deserto
Nenhum outro doce perfume me torturou mais do que esse

E quando ela vira
Desse jeito como ela caminha na lógica de todos os meus sonhos
Esse fogo queima
Percebo que nada é o que parece

Eu sonho com a chuva
Sonho com jardins na areia do deserto
Eu acordo na dor
Sonho com amor enquanto o tempo escorre pelas minhas mão

Sonho com a chuva
Ergo meu olhar ao céu vazio
Fecho meus olhos, esse raro perfume
É a doce intoxicação do seu amor

Eu sonho com a chuva
Sonho com jardins na areia do deserto
Eu acordo na dor
Sonho com amor, enquanto o tempo escorre pelas minhas mãos

Doce rosa do deserto
Cada um de seus véus, uma promessa secreta
Essa flor do deserto
Nenhum outro doce perfume me torturou mais do que esse

Doce rosa do deserto
Essa memória do éden assedia a nós todos
Essa flor do deserto, esse raro perfume
É a doce intoxicação do outono...

                                  

sting


              


                    


ÉS IMORTAL O CARINHO E GLAMUR
QUE CARREGAS DENTRO DE TI.
ÉS IMORAL TANTA TERNURA,GENTILEZA
E MEIGUICE GUARDADA EM TI.
ÉS SUL-REAL A PUREZA DE TUA ALMA
QUE TRANSBORDA O AROMA DO ORVALHO
E DOS JARDINS DE JASMINS.
ÉS SUPREMA A TUA EXISTÊNCIA
COMO ANJO MULHER E COMO
SER SAGRADO QUE D'US NÓS PRESENTEOU.
AMO-TE LINDO SER MULHER, QUE NASCES-TES
PARA SEMEAR A HARMONIA,O CARISMA
A BONDADE E O AMOR.


_ FABIEM CHAZAK _








A DERIVA DE NÓS...

Navego num barco,
Um tanto sem rumo,
Um tanto sem sorte,
Um pouco sem tempo
Um tanto sem jeito,
Um pouco sem nada,
No meio do mundo,
A procura de um porto.

Mas quem sabe um sol,
Ou talvez outras luas,
Clareiem o destino,
E incerta, me leve,
Remando no tempo,
E num cais de memórias,
Repousar de meu sonho.

Nessa espera, talvez,
Eu te encontre, chegando,
Sózinho, de tua viagem,
Com meu nome escrito,
Em papel bem guardado,
Um tanto sem jeito,
Um pouco sem nada,
Apenas seremos...
Só eu e voce afinal.

[Reggina Moon]



Sim, eu sei!

Sim, eu sei...
Que o meu sorriso
só brilha no teu olhar,
que o teu olhar no meu
é feito canção e traduz
o sol de todo um verão...

Sim, eu sei,
que o que fez existir
hoje não sente
e só no teu olhar de luar
posso encontrar
o que hoje sei
de cada luar,
que tentou existir...

Sim, eu sei,
ficou aquele olhar guardado,
no meu!

Sim, eu sei!

Dú♥Karmona® 

Lionel Richie -tradução - time Of Our Life ...♥

Gang 90 - Nosso louco amor

sábado, 3 de dezembro de 2011





SOI UMA PAUTA
QUE FALTAVA EM TUA VIDA
PARA CANTAR-TE
O AMOR E DEDILHAR
O TEU DESEJAR.


_ FABIEM CHAZAK _


MEU DOCE E LINDO ANJO.

TENHAS UMA NOITE SERENA
E CHEIA DE SINGELOS SONHOS
PERFUMADOS.
BEIJOS SEMPRE...SEMPRE EM TEU CORAÇÃO.





















SOB A ESSÊNCIA DO TEU AMOR...

Almejo o teu coração puro, sem restrições...
Almejo a minha alma tranquila
E o teu espírito sem distúrbios...
Que na sua certeza esteja o meu amor por ti.

“Que sentimento algum te adultere e engane,
Mas que por amor, a tua alma desnude.”

Poeta Dolandmay






















...o meu verso mais bonito te diria pra largar todas essas sua coisas bobas e vir correndo me encontrar! te diria pra você deixar de ser tão orgulhosamente teimosa e insistir em me ver....mesmo que eu te mentisse e dissesse que: -Não, hoje não estou afim...! ou qualquer coisa parecida!
...o meu verso te diria pra desfazer todas as malas arrumadas em cada uma das partidas! te pediria novamente o sorriso que me deu...em cada volta nossa! que mantivesse nossa porta aberta...afinal, nunca se sabe quando o retorno se dará! quando você voltar, depois dessas partidas, acho que vou estar encostado no batente te esperando...mas se eu, por acaso não estiver..toque a campainha..mas toque com insistência! acorde meu coração tão duro às vezes!
Antes de você voltar, passe na feira e compre pra nós, maçã...uva...ou qualquer outra fruta doce e fresca! traga a que você mais gostar! vamos trocar um beijo doce...com gosto de pomar..com frescura de orvalho!
Largue suas coisas em qualquer lugar, espalhadas pela casa, em qualquer canto...no meio do caminho! apenas mantenha suas mãos livres...me abraça...me comemora!...o seu olhar será perfeito no meu!
E pra comemorar essa nossa vida insana e linda....senta aqui do meu lado...escreva comigo o inconfundível verso. o mais lindo...como quem bebe vinho escolhido pra essa hora!...e te comemora!

Luiz wood














Como não te sonhar?
Quando ponho meus olhos dentro dos teus, como não te sonhar?
É nos teus olhos que tenho visões demoradas de natureza!
Em teus olhos vejo sonhos, que talvez seja os teus sonhos de sonhar, ou mesmo os meus, que te sonham nos intervalos longos dos meus pensamentos!
Debruço sobre ti e tenho imagens impossíveis! Tenho visões de silêncios, de ausências...visões impossíveis!
Como não te sonhar?
Nas horas que não soam em sinos é em ti que oro o meu amor!
Oração devotosa!
Que eu não me perca e me encontre em ti!
Que seja o seu silêncio a me embalar!
Não és mulher, dentro de mim, és anjo...és fêmea!
És vaga essência!

Luiz wood